Grupo francês Total passa a ser o operador do bloco Área 1 da bacia do Rovuma, Moçambique

0 10

Grupo francês Total passa a ser o operador do bloco Área 1 da bacia do Rovuma, Moçambique.

A conclusão do processo de compra do grupo Anadarko Petroleum Corporation vai fazer com que o grupo francês Total passe a ser o operador do bloco Área 1 da bacia do Rovuma, Moçambique, segundo comunicados oficiais.

 

A proposta de compra apresentada pelo grupo Occidental Petroleum Corporation recebeu sexta-feira a aprovação de 99% dos accionistas do grupo Anadarko Petroleum Corporation, no decurso de uma assembleia geral extraordinária.

 

A compra custou 55 mil milhões de dólares, montante que inclui a assunção da dívida do grupo Anadarko Petroleum Corporation.

 

Em Maio passado, o grupo Occidental Petroleum Corporation anunciou ter alcançado um acordo com o grupo francês Total para a venda dos activos em África do grupo Anadarko Petroleum Corporation pelo montante de 8,8 mil milhões de dólares, dependente na altura da conclusão do processo de compra deste último grupo.

 

A Anadarko Petroleum estava presente em quatro países de África – África do Sul, Argélia, Gana e Moçambique – funcionando neste último país como operador de um projecto de gás natural com reservas comprovadas de 75 biliões de pés cúbicos, o bloco Área 1 da bacia do Rovuma.

 

O grupo Anadarko Petroleum Corporation operava aquele bloco através da sua subsidiária controlada a 100% Anadarko Moçambique Área 1, Ltd, com 26,5%, onde tinha como parceiros a ENH Rovuma Área Um, subsidiária da estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%, Mitsui E&P Mozambique Area1 Ltd. (20%), ONGC Videsh Ltd. (10%), Beas Rovuma Energy Mozambique Limited (10%), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10%) e PTTEP Mozambique Area 1 Limited (8,5%).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com