Anadarko fecha contrato que pode levar a FID

A multinacional norte-americana Anadarko já tem um cliente de peso para o gás que será explorado na área 1 da bacia do Rovuma.

0 26

Informação revelada pelo Instituto Nacional de Petróleos (INP) companhia aponta que a multinacional, através da Mozambique LNG1 Company Pte. ltd., assinou um contrato de compra e venda de Gás Natural Liquefeito (GNL) com a francesa Électricité de France, S.A., (EDF).

O acordo prevê a venda de 1.2 milhões de toneladas por ano (1.2 MTPA), por um período de 15 anos, informa um comunicado do INP.

A concretização deste contrato, com a EDF, uma das maiores companhias de electricidade o mundo, vai assegurar uma posição competitiva para Mozambique LNG1 Company, pois será fornecedora de longo termo, para o mercado Europeu.

Depois desta iniciativa, espera-se que a Anadarko tome a decisão final de investimento (FID) para a área 1 da bacia do Rovuma.

O Gás Natural Liquefeito será produzido nos Campos Golfinho/Atum, localizados na Área 1 Offshore da Bacia do Rovuma, a partir de uma fábrica com dois módulos de liquefação de gás natural em terra com capacidade de produção de 12.88 milhões de toneladas por ano (12.88 MTA), o primeiro do género em Moçambique, em Afungi, Distrito de Palma, Província de Cabo Delgado.

Este é um dos Contratos de Compra e Venda do pacote inicial de 5MT, que estão em fase avançada de negociação. O Contrato de Compra e Venda com a EDF será submetido ao Governo para aprovação.

São concessionárias da Área 1 da Bacia do Rovuma, a Anadarko Moçambique Área 1, com 26.5% de interesse participativo, a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%, a Mitsui E&P Mozambique Área 1, com 20%, a ONGC Videsh Ltd, com 10%, a Beas Rovuma Energy Mozambique Ltd, com 10%, a BPRL Ventures Mozambique B.V., com 10% e a PTT Mozambique Área 1 com 8.5% de interesse participativo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com