35 Novos Voluntários, Promotores de Saúde Comunitária do Corpo da Paz prestam juramento em Maputo

0 2

Um grupo de 35 Voluntários Promotores de Saúde Comunitária prestou juramento recentemente em Maputo, numa cerimónia que contou com a presença do embaixador dos Estados Unidos da América para Moçambique, Dennis W. Hearne, da Directora do Corpo da Paz em Moçambique, Ellen R. Eiseman, da Directora de Planificação e Cooperação do Ministério da Saúde, Dra. Marina Karagianis, e do Secretário Permanente do Distrito de Namaacha, Rafael Manhique. Estiveram ainda presentes vários representantes de entidades governamentais e instuições parceiras.

 

Os 35 Voluntários Promotores de Saúde Comunitária foram colocados em oito províncias, junto a várias unidades sanitárias e hospitais rurais que trabalham principalmente na prevenção do HIV-SIDA nos jovens. Entre os vários parceiros do Corpo da Paz, o Plano de Emergência do Presidente dos E.U.A. para o Alívio do SIDA (PEPFAR) é o principal no que concerne ao apoio ao Programa de Saúde Comunitária em Moçambique. Os Voluntários irão trabalhar lado-a-lado com os seus homólogos Moçambicanos, contribuindo assim para a melhoria dos resultados da saúde dos jovens no país.

 

Na mensagem que proferiu durante o evento, a Dra. Marina Karagianis, Directora de Planificação e Cooperação do Ministério da Saúde, disse “Nas diferentes frentes do desenvolvimento sócio-económico do país, nós podemos contar sempre com o apoio do povo Americano que colocou sempre à disposição de Moçambique o seu saber técnico, científico e profissional.”

 

O Embaixador dos Estados Unidos, Dennis W. Hearne, agradeceu o povo Moçambicano dizendo “Quero reconhecer que o Corpo da Paz não funcionaria sem o apoio incansável do pessoal moçambicano que assiste e cuida diariamente dos nossos voluntários.”

 

O Corpo da Paz dos Estados Unidos foi estabelecido como uma agência governamental independente pelo Presidente John F. Kennedy em 1961, com o objetivo de promover a paz e amizade mundial. Através do Corpo da Paz, cidadãos Americanos oferecem-se para trabalhar voluntariamente por dois anos, em vários países do mundo. Actualmente, o Corpo da Paz encontra-se a trabalhar em mais de 60 países, principalmente nas áreas de saúde e educação. Em Moçambique, o Corpo da Paz trabalha nestes dois sectores, a convite do Governo de Moçambique, através de acordos com o Ministério da Saúde (MISAU) e com o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH). Desde 1998 e até à data, mais de 1.300 Voluntários já serviram em Moçambique.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com