XVIII CASP vai debater projectos avaliados em cerca de 1,2 biliões de dólares

2.934

- Publicidades -

O Governo e a Cofederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), realizam nos dias 21, 22 e 23 de Junho de 2023, a XVIII Conferência Anual do Sector Privado (CASP).

Com mais de 3000 participantes, dentre eles empresários e investidores nacionais e estrangeiros, o evento prevê discutir projectos de diversos sectores avaliados em cerca de 1,2 biliões de dólares e já estão confirmadas mais de 10 instituições financeiras e de desenvolvimento nacionais e internacionais.

Dentre estas instituições, o destaque vai para o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Trade Development Bank (TDB), AFRIXIMBANK, EURO EXIM BANK, Development Bank of Southern Africa (DBSA), Fundo Empresarial da Cooperação Portuguesa (FECOP), British International Investment, IDC, e outras que irão apesentar vários programas e facilidades de financiamento.

O evento contará igualmente com a participação de 10 países, com maior destaque para o Brasil, Portugal, Angola, Zimbábue, África do Sul e Maurícias.

No mesmo evento vai ser promovido uma feira, designada EXPO CASP, onde as empresas terão a oportunidade de expor as suas marcas, produtos e serviços.

Durante a XVIII CASP, serão assinados protocolos de cooperação e acordos de financiamento e a CTA, BAD e Embaixada da Itália vão lançar um Fundo de Apoio a Transformação Digital das PME´s.

A XVIII Conferência Anual do Sector Privado realiza-se sob o lema “Transformação, Inovação, Sustentabilidade e Inclusão para a Competitividade Industrial”.