Vale Moçambique avança com projecto ‘Revamp’ para atingir 15 milhões de toneladas em 2021

513

- Publicidades -

A Vale Moçambique vai levar a cabo o projecto ‘Revamp’ (renovação) do seu complexo mineiro, em Moatize, na província de Tete, com o objectivo de aumentar a produção, atingindo um ritmo de produção de 15 milhões de toneladas em 2021.

A manutenção geral do complexo mineiro assenta numa operação sustentável e segura, sendo este um momento crucial para a empresa. Os trabalhos começaram no presente mês de Novembro e prolongam-se até ao início de Março de 2021. Este processo implica uma diminuição da produção de carvão, mas os trabalhos na mina não vão parar, sendo que todos os trabalhadores da mina vão estar envolvidos ativamente no projecto.

Dada a dimensão da operação, a Vale teve de contratar, para o período em causa, cerca de 1.300 trabalhadores temporários, na maioria moçambicanos, mas também oriundos de países como o Brasil e África do Sul, entre outros.

A manutenção nas plantas de processamento de carvão assenta no restabelecimento das condições básicas dos equipamentos e na implantação de procedimentos de melhoramento na conservação, operação e processo produtivo.

Serão ainda postas em prática acções estruturantes como a revisão de estratégia; planos e procedimentos de manutenção e operação; e capacitação das equipas de operação e manutenção. O objectivo é fortalecer os processos de operação e manutenção para assegurar a sustentabilidade dos resultados após o ‘Revamp’.

A prioridade da Vale são as pessoas, por isso, toda a operação de manutenção estará sujeita aos mais altos níveis de segurança, incluindo na prevenção ao novo coronavírus. Apesar dos constrangimentos provocados pela pandemia em todo o mundo, a Vale mantém toda a sua força de trabalho, assumindo este momento como crucial para o negócio da empresa e para o bem-estar dos seus colaboradores.