Porto de Nacala, Moçambique, aumenta carga processada em 2019

0 59

- Publicidades -

 

O Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN), a empresa concessionária do porto de Nacala, na província de Nampula, norte de Moçambique, movimentou mais de 2,2 milhões de toneladas de carga geral em 2019, cifra que corresponde a um aumento anual de 16%, informou a empresa.

“Trata-se de um aumento de mais de 300 mil toneladas comparativamente a 2018, ano em que foram processadas 1,9 milhões de toneladas”, precisa o comunicado divulgado pela CDN, que acrescenta ser o aumento o resultado dos investimentos da empresa em recursos humanos e técnicos, bem como a aquisição de equipamentos.

A empresa afirmou que mesmo com os trabalhos da recuperação que estão a decorrer no recinto portuário, o que de certa forma limita a realização de algumas actividades operacionais, conseguiu alcançar a meta prevista para o ano de 2019 e superar a produção realizada no ano de 2018.

A CDN é uma sociedade anónima constituída e registada em Moçambique, cujo objectivo é a gestão, recuperação e exploração comercial de forma integrada das infra-estruturas do Porto de Nacala e da rede ferroviária do norte de Moçambique, integrando-se no Projecto Corredor Nacala, que engloba a região norte de Moçambique, o Malawi e a Zâmbia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.