Linha de transporte de energia Moçambique/Malawi vai a concurso publico ate Marco de 2020

0 84

- Publicidades -

O concurso publico internacional para a construção da linha de transporte de energia eléctrica entre Moçambique e o Malawi dever£ ser lançado ate marco de 2020,anuncio o vice-ministro dos Recursos Minerais e Energia.
Augusto Sousa Fernando disse que a entrada em funcionamento desta linha ← de vital importância n ̄o s￳ para o Malawi como também para Moçambique, uma vez que poder£ beneficiar, ao longo do seu traçado, diversas comunidades dos distritos de Marara, Changara, Moatize e da cidade de Tete.
O vice-ministro, citado pelo jornal Noticias, de Maputo, garantiu que o resultado do concurso publico ser£ conhecido at← Dezembro de 2020, devendo as obras ficar concluídas ate finais de 2022.
Com um custo actualmente estimado em 100 milho￵es de do￳lares do lado de Moçambique, a infra-estrutura ser£ financiada pelo Banco Mundial e pelos governos da Noruega e da Alemanha, neste ultimo caso através do banco KFW.
Dados oficiais divulgados em Agosto passado indicam que o governo da Alemanha fez uma doa￧ ̄o de 30 mide euros, o governo da Noruega uma de 24 milhoes de d￳lares e o Banco Mundial uma outra de 42 milho￵es de  do￳lares.

O projecto consiste na construção de uma sub-estaca de 400 kV e de uma linha de transporte de energia, com uma extensa de 218 quil￳metros, entre Matambo (provicia deTete) e Phombeya (Malawi), ligando as redes electrificados dois pa■ses.
Esta linha de transporte far£ com que o Malawi fique pela primeira vez ligado ¢ “Southern África Power Pool”, permitindo a Moçambique exportar energia eléctrica para aquele pais tendo o acordo de compra de energia e demais acordos técnicos e comerciais entre a Electricidade de Moçambique e a “Electricity Supp Commissionly  of Malawi” (Escom) sido assinados em Abril de 2019 em Blantyre.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.