CTA firma parceria com entidades quenianas

154

- Publicidades -

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) rubricou na última sexta-feira, em Maputo, dois memorandos de entendimento com a Kenya Private Sector Alliance (KEPSA) e a Kenya National Chamber of Commerce and Industry (KNCCI), com o objectivo de promover oportunidades de negócios e de investimentos existentes nos dois países.

As parcerias foram assinadas durante o Fórum de Negócios Moçambique-Quénia, realizado no contexto da visita de Estado efectuada pelo Presidente queniano ao País, William Ruto.

“Os memorandos vão ajudar no estabelecimento da cooperação institucional entre o País e as organizações quenianas, por forma que promovam o comércio e troca de experiências e informações sobre as oportunidades de investimento”, afirmou o presidente da CTA, Agostinho Vuma.

Por sua vez, o presidente da KEPSA, Jas Bedi, referiu que a ideia principal passa por eliminar a burocracia e facilitar a cooperação institucional entre os dois países para que, futuramente, possam ser realizados, de forma conjunta, mais fóruns de negócios e outras plataformas de intercâmbio entre empresários moçambicanos e quenianos.

“A KEPSA e a CTA trabalharão também para reduzir a fragmentação do sector privado, trazendo políticas mais abrangentes”, acrescentou.

De acordo com informações oficiais, nos últimos cinco anos, o Quénia investiu 77 milhões de dólares em Moçambique nas áreas da indústria, agricultura, serviços de transporte, turismo e hotelaria.