Cidade de Pemba, em Moçambique, introduz taxa turística

0 103

- Publicidades -

Os moçambicanos e estrangeiros que visitarem Pemba e que ficarem alojados em qualquer estabelecimento turístico da capital da província de Cabo Delgado ficam sujeitos, a partir de Abril próximo, ao pagamento de uma taxa imposta pelo Conselho Municipal da cidade, informou o seu presidente.

Florete Simba disse que a taxa funciona como uma contribuição para o fornecimento de alguns serviços básicos que são prestados pela autarquia e adiantou que será paga no momento em que o hóspede sair do hotel, variando o seu valor em função da categoria de estabelecimento hoteleiro.

Assim, quem se hospedar num hotel de 4 a 5 estrelas pagará 300 meticais (cerca de 5 dólares), enquanto num de 3 estrelas o valor será de 150 meticais (o dólar custa 65,4 meticais) e o de uma pensão 50 meticais, disse ainda Florete Simba, citado pelo matutino Notícias, de Maputo.

A taxa, aprovada durante a sessão da Assembleia Municipal realizada em Novembro de 2019, foi introduzida para contribuir para o financiamento de alguns serviços municipais básicos, nomeadamente a reparação de praças, vias de acesso, limpeza urbana, entre outros.

A província de Cabo Delgado, particularmente as cidades de Pemba e de Palma, vai ser o centro da actividade de exploração de grandes reservas de gás natural descobertas em dois blocos marítimos – Área 1 e Área 4 – que são operados pelos grupos ExxonMobil e INE o primeiro e pelo grupo Total o segundo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.