CESC e parceiros lançam programa AGE

15.280

- Publicidades -

O Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil (CESC) e seus parceiros de consórcio (N´weti, Visão Mundial, Kukumbi e UATAF), procedem de 24 a 28 de Outubro corrente, o lançamento de um novo programa denominado AGE (Advancing Girls Education) nas províncias de Nampula e Zambézia.

O AGE é um programa de cinco anos, financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), para apoiar o avanço da educação das raparigas (10-19 anos), promovendo a sua retenção, aprendizagem e progressão de ciclos, para que mais raparigas possam concluir o Ensino Básico.

Nos próximos cincos anos o programa AGE deverá cobrir um total de 12 distritos, nomeadamente Meconta, Murrupula, Mossuril, Rapale, Monapo e, Mecubúri na província de Nampula e nos distritos de Gurué, Milange, Mocuba, Lugela, Molócuè e Namacurra na província da Zambézia. O programa abrangerá 781 escolas primárias e 42 escolas secundárias e suas comunidades. A estratégia de implementação do programa será uma abordagem faseada.

Neste primeiro ano de implementação do AGE, serão abrangidos seis distritos, Milange, Gurué e Mocuba na Zambézia e nos distritos de Mossuril, Meconta, e Murrupula na província de Nampula, onde serão assistidas 374 escolas primárias e 24 escolas secundárias e suas comunidades.

O AGE, que tem como lema, “Raparigas em Acção” é implementado num contexto em que, segundo o MINEDH (2019), “a desistência escolar tem particular incidência nas raparigas que sofrem grandes pressões associadas a normas culturais e papéis sociais de género (94% das raparigas matriculam-se no ensino primário e mais de metade desiste antes de concluír a 5ª classe. A falta de água e casas de banho seguras na escola são, ainda, factores de insegurança para as raparigas e um desafio é prestar maior atenção às necessidades específicas das raparigas em todos os planos do sector. Prevalece uma fraca preparação e educação dos jovens em saúde sexual e reprodutiva adaptada às idades e contextos específicos”.

É nesse sentido que o programa AGE vai focalizar as suas atenções em cinco áreas principais, nomeadamente educação, acção social e protecção, justiça, saúde, água e aneamento e violência baseada no género e espera alcançar 4 resultados:

  • Melhorado acesso à escola para raparigas entre os 10 e os 19 anos e aumentado o apoio comunitário à educação das raparigas;
  • Melhorada a retenção e o desempenho das raparigas nas escolas primárias e secundárias;
  • Aumentado o acesso das raparigas e rapazes aos serviços sociais chave como a Saúde, Água, Higiene e Saneamento e serviços de resposta à Violência (Justiça, Acção Social, etc.);
  • Melhorada a segurança das raparigas (10-19) na escola, nas famílias e comunidade.