CASA DA ÍNSUA EXPORTA EM EXCLUSIVO PARA MOÇAMBIQUE VINHOS PORTUGUESES MULTIPREMIADOS

Vinhos consagrados de um dos mais antigos produtores da Região Demarcada do Dão reforçam posicionamento no mercado moçambicano

8.690

- Publicidades -

 

 

Os vinhos da Casa da Ínsua, cuja excelência já averbou múltiplos prémios internacionais, estão a ser exportados exclusivamente para Moçambique pela Mercury Comercial. A empresa do Grupo Visabeira Moçambique tinha, até agora, reservado o acesso aos consagrados néctares do mais antigo produtor da Região Demarcada do Dão aos clientes da cadeia Montebelo Hotels & Resorts. Assim, os verdadeiros apreciadores da arte vínica têm disponíveis sete referências da Casa da Ínsua – três tintos, dois brancos, um rosé e um espumante – nas melhores bottle stores, supermercados e restaurantes de Moçambique.

Nascidos na Região Demarcada do Dão, os celebrados vinhos são produzidos na Casa da Ínsua, localizada em Penalva do Castelo, no distrito de Viseu e coração de Portugal, com o saber de uma tradição vínica que remonta ao século XVIII. Graças ao empenho, visão e sapiência de Manuel de Albuquerque (um inovador em termos de vinhas, castas e tecnologias de vinificação), os altos padrões de qualidade dos vinhos da Casa da Ínsua tornaram-se célebres em meados do século XIX, tendo obtido, desde então, múltiplos prémios intra e além-fronteiras de Portugal. 

As principais castas tintas dos vinhos da Casa da Ínsua, sob exploração do Grupo Visabeira, são Touriga Nacional, Jaen, Tinta Pinheira, Alfrocheiro, Cabernet Sauvignon e Tinta Roriz, enquanto que nas castas brancas predominam Malvasia Fina, Encruzado e Sémillon. As castas Sémillon e Cabernet Sauvignon são um exclusivo da centenária Casa da Ínsua por ser a única autorizada, e por razões de tradição histórica, a introduzir as castas francesas na Região Demarcada do Dão.

O acesso aos vinhos da Casa da Ínsua que se encontrava praticamente circunscrito à cadeia Montebelo Hotels & Resorts em Portugal e Moçambique foi alargado, encontrando-se disponíveis, a título excepcional e exclusivo para Moçambique, em bottle stores, supermercados e restaurantes seleccionados, sete rótulos de eleição.

Refira-se  que em 2016 um dos vinhos mais premiados, foi distinguido em 2021 com duas Medalhas de Ouro no concurso “Frankfurt International Trophy”, na Alemanha, e no “Concurso Cidades do Vinho”, em Portugal. A Casa da Ínsua Tinto 2016 alcançou Medalhas de Prata em 2017 e em 2020 no “International Wine”.