Campanha de Doação organizada pelo Absa Bank Moçambique leva mais de 70 bolsas de Sangue ao Hospital Central de Maputo

0 28

- Publicidades -

No âmbito do seu Programa de Cidadania, o Absa Bank Moçambique entregou mais de 70 bolsas de sangue ao Hospital Central de Maputo, resultantes da campanha de doação “Eu Sou Vida e Dou Vida” promovida pelo Banco e coordenada pelo Banco de Sangue do HCM, nos dias 10 e 11 de Setembro.

A campanha, que decorreu nos escritórios do Banco, na Av. 25 de Setembro, ajudou a colectar mais de 30 litros de sangue para o Banco de Sangue do HCM, uma quantidade suficiente para salvar a vida de 100 adultos ou de cerca de 400 crianças, dos 0 aos 5 anos.

O sangue será direcionado aos serviços de Oncologia e Pediatria do HCM, visto serem as áreas com maior necessidade, em consequência da redução do número de doadores, devido à pandemia da Covid-19.

Nesta acção, cerca de 30 por cento dos doadores foram colaboradores do Banco, enquanto que os restantes 70 por cento foram compostos pelo público em geral, que respondeu positivamente à campanha de sensibilização.

“Promovemos esta iniciativa, com o objectivo de dar resposta aos sucessivos apelos que o Banco de Sangue do Hospital Central de Maputo tem vindo a lançar à comunidade, no sentido de minimizar a escassez de sangue através da doação. Pretendemos tornar esta acção viral e regular, e incentivar mais empresas e a sociedade em geral a fazer o mesmo. É certo que estamos a enfrentar um vírus de fácil contágio, desconhecido e que de certa forma nos traz algum receio, mas não podemos negligenciar a existência de outras enfermidades que também roubam a vida a muitos moçambicanos. Os hemocentros continuam a necessitar de sangue para salvar vidas”, frisou Ivan Serra, Director de Marketing do Absa Bank Moçambique.

A responsável do Banco de Sangue do Hospital Central de Maputo, Justina Manjate, enfatizou a importância da doação de sangue, numa fase em que a pandemia obrigou à tomada de algumas acções restritivas que impactaram com o stock de sangue.

“O nosso stock baixou muito nos últimos quatro meses, porque devido à pandemia, muitas instituições ficaram encerradas. Nesta altura, poucas pessoas dirigem-se ao Banco de Sangue. O Absa Bank Moçambique, ao promover esta iniciativa, cria espaço para se poder colectar sangue para ajudar os doentes que muito precisam”, disse.

A campanha de doação decorreu sob rigorosas medidas de prevenção contra a Covid-19, visando garantir a segurança dos doadores.

Importa igualmente frisar que aos dadores foi oferecido um lanche, cortesia do Banco em parceria com a Sumol+Compal, que ofereceu uma unidade de sumo do novo sabor de Banana, lançado recentemente no mercado.

“Estamos num tempo de turbulência, eu penso que independentemente da pandemia, devemos pensar nas vidas. Se nós estamos bem, temos saúde e podemos ajudar a quem precisa, isso é de louvar, e eu faço com muita satisfação”, sublinhou Leonor Simão, uma das doadoras que participou na iniciativa.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.