Apoio do BCI chega a mais de 10 escolas da província de Gaza

0 13

- Publicidades -

Doze escolas situadas em distritos da província de Gaza beneficiaram recentemente de apoios em materiais de desinfecção e de protecção contra a COVID-19, oferecidos pelo Banco Comercial e de Investimentos (BCI). Constituídos por máscaras faciais, recipientes, suportes para a lavagem das mãos e caixas de sabão, os artigos foram entregues por equipas locais de colaboradores do Banco.

Trata-se das escolas secundárias de Xai-Xai e Joaquim Chissano, em Xai-Xai; de Manjacaze, de Chiguivitane e Temóteo Valente Fuel, em Manjacaze; de Chókwe e de Lionde, no distrito de Chókwe; de Chibuto e de Malehice, em Chibuto; assim como das escolas secundárias Josina Machel, na Macia, distrito de Bilene; Graça Machel, em Massingir, e de Mabalane, no distrito com o mesmo nome.

Na capital provincial, Xai-Xai, uma equipa do BCI, encabeçada pelo respectivo Director Comercial Regional, Jeremias Langa, procedeu, igualmente, à entrega de artigos diversos à Direção Provincial de Educação de Xai-Xai. Na ocasião, Jeremias Langa afirmou que com o gesto, o BCI “pretende juntar-se aos esforços que estão a ser feitos na prevenção contra os efeitos da pandemia do novo Coronavírus, e em particular dar o seu contributo para a melhoria da protecção e da segurança da comunidade escolar, nesta fase em que as escolas se preparam para a retoma das aulas”.

Por seu turno, o Director Provincial de Educação de Gaza, Atanásio Cossa, agradeceu o apoio que o BCI direcionou à sua instituição, considerando que o material chegou em momento oportuno, uma vez estarem em curso os preparativos para a retoma do ano académico. Cossa apelou aos directores das escolas secundárias beneficiárias, que fizessem bom uso dos bens recebidos.

Recorde-se que para além de instituições de ensino, o programa do BCI abrange, em todo o país, instituições públicas e privadas, assim como organizações humanitárias às quais o Banco tem vindo a disponibilizar meios de desinfecção, de protecção e outras facilidades, com vista a minimizar os efeitos nefastos da pandemia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.