Airlink vai retomar serviços para Nampula em Moçambique

1.240

- Publicidades -

A companhia aérea regional do sector privado sul-africano Airlink anunciou quinta-feira que iria reiniciar o seu serviço directo entre Joanesburgo e Nampula, em Moçambique. O serviço seria reiniciado no dia 16 de setembro. As reservas já haviam sido reabertas para a rota, que havia sido suspensa em março do ano passado.

Nampula é a terceira maior cidade de Moçambique e capital da província com o mesmo nome. Está localizada a 194 km no interior das cidades portuárias de Nacala e Moçambique.

“Dada a importância estratégica de Nampula como o principal centro comercial do norte de Moçambique para mineração, agricultura e turismo, a Airlink está orgulhosa e animada por ter a oportunidade de apoiar e servir as empresas nesta região,” destacou o CEO da Airlink e MD Rodger Foster. “Ao fornecer a conectividade aérea crucial, somos capazes de desempenhar o nosso papel na promoção do desenvolvimento de laços comerciais, comerciais e econômicos de importância crítica entre a África do Sul e Moçambique.”

A rota será realizada pela frota de jatos regionais da companhia aérea Embraer, duas vezes por semana. Os passageiros na rota poderão se conectar perfeitamente com outros voos da Airlink, através da rede da companhia aérea.

Os voos ocorrerão às terças e quintas-feiras. Os voos de Joanesburgo para Nampula terão o código 4Z 230 e partem às 10h30. Os voos de regresso terão o código 4Z 231 e partem de Nampula às 13h35 dos mesmos dias.

Os passageiros devem verificar com as autoridades em seus países de destino as precauções da Covid-19 de que precisam. As aeronaves da Airlink são equipadas com filtros de ar particulado de alta eficiência em seus sistemas de ar da cabine. Eles removem 99,97% de todas as partículas, incluindo moléculas de Covid-19.