Absa Bank Moçambique registou um crescimento acima do mercado
em 2019

0 65

- Publicidades -


O Absa Bank Moçambique divulgou os seus resultados referentes ao exercício económico de 2019, onde destaca-se o seguinte:
O resultado líquido foi de 1.048.184.763,19 MT; Empréstimos a Clientes aumentaram 32,5%, materialmente acima da média de mercado; Depósitos de Clientes aumentaram 14,7%, materialmente acima da média de mercado;
Rácio de liquidez nos 41,3%, quase o dobro do limite regulamentar;
Receita aumentou 2% num ambiente de diminuição de taxas de juros;
Rácio de Solvabilidade acima de 20%.
Entretanto, os lucros diminuíram em 15,3% devido ao investimentos no processo de mudança de marca e separação operacional.
Os resultados apresentados ilustram o crescimento e a consolidação da posição do Absa no mercado financeiro nacional e a contribuição da operação em Moçambique no contexto regional.
O crescimento do balanço acima do mercado foi resultado da melhoria dos níveis de serviço e de uma oferta de produtos adequada às necessidades dos Clientes, sendo que ambos potenciaram um aumento do envolvimento bancário por Cliente.
Para Rui Barros, Administrador Delegado do Banco, “o excelente desempenho do Absa Bank Moçambique, no exercício económico de 2019 deveu-se, em grande medida, aos programas implementados pela Gestão para o aumento da eficiência e incremento do volume de negócios, contribuindo, assim, para o crescimento da receita e para o resultado líquido acima de um bilião de meticais.”
O Administrador Delegado realçou ainda que, “embora 2019 tenha sido um ano de desafios para o sector financeiro, marcado pela ocorrência de desastres naturais, que impactaram negativamente a economia, o desempenho do Absa Bank Moçambique foi fantástico na forma como combinou um conjunto de resultados financeiros tão sólidos, num ano em que executou a mudança de marca e um complexo processo de separação tecnológica enquanto teve ainda que gerir as adversidades sentidas na economia nacional e, em particular, no sistema financeiro.” “O desempenho final tem por base também de uma gestão prudente, enquadrada nos perfis de risco definidos para toda a organização.” completou o gestor.
A estratégia teve por base a qualidade do balanço, procurando os activos da melhor qualidade creditícia. A estratégia foi eficaz, pois permitiu ultrapassar os impactos de crescimento económico moderado, mantendo níveis de imparidade reduzidos e um rácio de solvabilidade acima de 20%, apesar dos impactos dos desastres naturais ocorridos no período.
Para além do referido, e considerando o esforço adicional relacionado com a mudança de marca, que é uma das etapas finais para uma completa separação estatutária e tecnológica, o resultado apresentado incorpora os custos incorridos no exercício especificamente para o efeito.
Com estes resultados, o Absa Bank Moçambique reforça assim a sua posição como um dos maiores bancos do País, garantindo solidez e confiança aos seus Clientes e reiterando o seu compromisso na busca de novas e cada vez melhores possibilidades.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.