Absa Bank Moçambique integra o Pacto Global das Nações Unidas em Prol da Sustentabilidade

475

- Publicidades -

 

O Absa Bank Moçambique, tornou-se signatário do Pacto Global das Nações Unidas, iniciativa lançada pelo ex-Secretário Geral Kofi Annan e continuada pelo actual Secretário-geral António Guterres, com o objectivo de atrair a comunidade empresarial para a adopção de valores ligados aos direitos humanos, às práticas laborais, à protecção ambiental e no combate à corrupção.

A adesão ao Pacto Global das Nações Unidas é mais um reflexo das várias iniciativas que o Banco tem abraçado para garantir que toda a sua actividade está alinhada tendo em vista o cumprimento do Acordo de Paris e dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, e o respeito pelos Princípios do Pacto Global das Nações Unidas e pelas políticas nacionais e internacionais relevantes nestas matérias.

Rui Barros, Administrador Delegado do Absa Bank Moçambique, referiu que “Para nós é um orgulho sermos membro do Pacto Global das Nações Unidas. Fazer parte do programa permitirá que a nossa agenda de sustentabilidade seja conduzida de forma estruturada, e reforça o nosso compromisso no cumprimento explícito e público de cada um dos Dez Princípios subjacentes. Isto implicará, claramente, um cada vez maior número de iniciativas alinhadas de forma explícita com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, uma caminhada que o Absa já iniciou há anos e agora entra numa nova fase de consolidação.”

Com esta adesão aos Princípios do Pacto Global das Nações Unidas, o Banco subscreve os princípios e iniciativas alinhadas com os seus compromissos e com a sua estratégia. Através desta actuação demonstra o seu empenho e o elevado nível de compromisso da empresa perante todos os stakeholders procurando alinhar os seus comportamentos com modelos de desenvolvimento económico e social que fomentem a prosperidade, a valorização das pessoas, a criação de emprego, e o respeito pelo meio ambiente e biodiversidade.