Absa Bank Moçambique atribui prémio Africanicidade na 16ª Edição do MFW

8.034

- Publicidades -

No âmbito da 16ª edição da semana da moda moçambicana, Mozambique Fashion Week (MFW) o Absa Bank Moçambique desafiou os estilistas a representarem o conceito ‘Africanicidade’ através de criações de moda, sendo que a estilista Paula Cuna, com a marca “Uzury Creations”, foi a grande vencedora da noite. O estilo Afro-Étnico ajudou a estilista a levar consigo o prémio de 50 mil meticais, oferecidos pelo Absa Bank Moçambique, bem como um curso de corte e costura e uma máquina de costura, oferecidos pela Bernina, após a avaliação de um corpo de jurados composto pelo Fashion Stylist, Luxury Recycle, Rosa Maria, representante da Bernina e a Responsável de Eventos e Cidadania do Absa Bank Moçambique, Ema Soares. Segundo Ema Soares, o desafio enquadra-se no âmbito do compromisso do Banco com as artes e cultura moçambicana, no sentido de valorizar o produto local. “Esta iniciativa tem sido levada a cabo com mais força nos últimos meses, com a realização de exposições de diferentes tipos de arte na montra da nossa Agência Premier. A parceria com o MFW tem agregado valor à concretização desse desiderato, que tem estado a apresentar resultados fantásticos, sobretudo para os artistas,”sublinhou. Na presente edição do MFW participaram 25 estilistas moçambicanos desde Young Designers, estilistas estabelecidos e marcas reconhecidas. O último dia esteve reservado à apresentação de estilistas conceituados, com mais dez anos de carreira e que têm desfilado as suas belíssimas colecções no MFW, há já alguns anos, designadamente: Isis Brumo, Nivaldo Thierry e Omar Adelino.